Blog do Ricardo Lampert

Automobilismo, Futebol, Música, Cinema, Games, etc.

Gre-nal é Gre-nal

Posted by Ricardo Lampert em 24 junho 2007

A expressão Gre-nal surgiu em 1926, quando o jornalista Ivo dos Santos Martins (torcedor do Grêmio), cansado de ter de escrever por extenso os longos nomes dos dois times, inventou a expressão. Já o ex-governador do Rio Grande do Sul e patrono do Internacional, Ildo Meneghetti, definiu de forma tautológica o grande clássico gaúcho: “Gre-nal é Gre-nal”.
Fundado 6 anos antes, o Grêmio liderou com folga as estatísticas de Gre-nais nos primeiros anos de disputa, tendo ganho o primeiro Gre-nal por 10 a 0 em 18 de Julho de 1909 , com cinco gols do alemão Booth, autor do primeiro gol deste clássico e ficado mais de 6 anos (6 jogos) sem conhecer derrota. O Internacional assumiu a vantagem no número de vitórias em 1945, na época do ‘Rolo Compressor’ e nunca mais foi superado. No início dos anos 80, essa vantagem chegou a ser de 31 clássicos, mantendo-se em 21 vitórias a mais para o Internacional até hoje. Pode-se dizer que grande parte da vantagem atual foi construída no período de 1969 a 1976 , com a construção do Estádio Beira-Rio e a montagem do maior time da história do Internacional. Naquele período foram disputados 40 confrontos, com o Inter tendo vencido 18, empatado 18 e perdendo apenas 4 jogos, ficando invicto por 17 partidas (17 de Outubro de 1971 a 13 de Julho de 1975), o seu maior período de invencibilidade. Já o maior período de invencibilidade do Grêmio foi entre 16 de Junho de 1999 e 28 de Outubro de 2002, quando chegou a ficar 13 jogos invictos.
Em campeonatos brasileiros, o primeiro Gre-nal foi vencido pelo Internacional, em 17 de Outubro de 1971. O Grêmio estava invicto em 4 Gre-nais naquele ano, apesar de o Inter ter conquistado o tri-campeonato gaúcho em Julho. Três meses depois, na 15ª rodada do Brasileirão, o Inter ganhou por 1 a 0, gol de Sérgio “Galocha”. Foi o começo da maior série invicta na história dos gre-nais, que só seria interrompida 45 meses depois.
Dois Gre-nais merecem ser lembrados aqui, o primeiro foi o “Gre-nal do Século”. Foi assim denominada a partida entre Grêmio e Internacional válida pela semi-final do Campeonato Brasileiro de 1988, em 12 de Fevereiro de 1989. A importância desta partida era realmente extraordinária, já que valia a classificação para a decisão do campeonato brasileiro (contra o vencedor de Bahia x Fluminense) e ainda a vaga na Taça Libertadores da América daquele ano. A partida terminou com vitória do Internacional por 2 a 1, de virada e com um jogador a menos em campo (o lateral Casemiro fora expulso ainda no primeiro tempo). Marcus Vinícius marcou para o Grêmio aos 25 minutos de jogo. Na segunda etapa, o centroavante Nílson marcou duas vezes para o Internacional, aos 16 e aos 26 minutos. Nilson foi considerado o grande herói do jogo, pois além de ter feito os dois gols, jogou machucado. Este foi o Gre-nal número 297, foi disputado no Estádio Beira-Rio e teve o maior público de Gre-nais até hoje: 78.083 espectadores. O outro Gre-nal que vale a pena ser lembrado foi o Gre-nal 360 que recebeu o nome de “Gre-nal do Gol 1.000” no dia 10 de Julho de 2004. Fernandão marcou o milésimo gol da história do Gre-nal na vitória do Internacional por 2×0.
Na estatística geral, são 367 partidas com 137 vitórias do Internacional, 114 empates e 116 vitórias do Grêmio. Foram marcados 1.012 gols no total sendo 524 gols do Internacional e 488 gols do Grêmio.
Bem, mas hoje é dia do Gre-nal 368, o primeiro desse ano válido pelo Campeonato Brasileiro a ser realizado no estádio Beira-Rio. Sem dúvida, esse é o clássico de maior rivalidade no Brasil, pois Gre-nal é Gre-nal tchê !

gre-nal.jpg

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: